nome de usuário
senha
guardar senha
 
Esqueceu seu login
ou a senha?
CLIQUE AQUI


:: Blog Tudo Sobre Plantas ::


Comunidade no Facebook
Notícias via Twitter

Plectranthus neochilus
Plectranthus neochilus
Boldo-japonês, Boldo-gambá, Bo [...]

É uma erva aromática denominada boldo ou "boldo-gambá" e empregada no tratamento de insuficiência hepática e dispepsia na medicina popular. [...]


Disocactus phyllanthoides - Imperatriz-alemã
Nome científico
Disocactus phyllanthoides
Imperatriz-alemã
Momordica charantia - Melão-de-São-Caetano, balsamina-longa, caramelo, erva-de-são-caetano, erva-de-lavadeira, erva-de-são-vicente, fruto-de-cobra, fruto-negro, melão-de-são-caetano-gigante, melãozinho, meloeiro-de-são-caetano, quiabeiro-de-angola,
Nome científico
Momordica charantia
Melão-de-São-Caetano, balsamina-longa, caramelo, erva-de-são-caetano, erva-de-lavadeira, erva-de-são-vicente, fruto-de-cobra, fruto-negro, melão-de-são-caetano-gigante, melãozinho, meloeiro-de-são-caetano, quiabeiro-de-angola,
Amaranthus cruentus - Amaranto, Bredo, Caruru-vermelho
Nome científico
Amaranthus cruentus
Amaranto, Bredo, Caruru-vermelho
Schinus terebinthifolius - Aroeira, Aroeira-vermelha, Aroeira-mansa, Fruta-de-cotia, Fruta-de-sabiá, Pimenteira-do-peru, Coraciba, Arueira, Arueira-vermelha, Arueira-pimenta
Nome científico
Schinus terebinthifolius
Aroeira, Aroeira-vermelha, Aroeira-mansa, Fruta-de-cotia, Fruta-de-sabiá, Pimenteira-do-peru, Coraciba, Arueira, Arueira-vermelha, Arueira-pimenta
Calliandra brevipes -
Nome científico
Calliandra brevipes
Hibiscus mutabilis - Rosa-louca, Malva-rosa, Aurora, Amor-dos-homens, Mimo-de-vênus, Papoila, Papoula-de-duas-cores, Rosa-branca, Rosa-mudança, Rosa-de-são-francisco, Rosa-paulista
Nome científico
Hibiscus mutabilis
Rosa-louca, Malva-rosa, Aurora, Amor-dos-homens, Mimo-de-vênus, Papoila, Papoula-de-duas-cores, Rosa-branca, Rosa-mudança, Rosa-de-são-francisco, Rosa-paulista
Cannabis sativa - Cânhamo, maconha, erva-de-santa-maria, diamba
Nome científico
Cannabis sativa
Cânhamo, maconha, erva-de-santa-maria, diamba
Solanum sessiliflorum - Maná-cubiu, Cubiu, Tomate-de-índio
Nome científico
Solanum sessiliflorum
Maná-cubiu, Cubiu, Tomate-de-índio
Allium ursinum - Alho-dos-ursos, Alho-selvagem
Nome científico
Allium ursinum
Alho-dos-ursos, Alho-selvagem
Allium tuberosum - Nirá, Cebolinha-japonesa, Jiucai
Nome científico
Allium tuberosum
Nirá, Cebolinha-japonesa, Jiucai
Arachis hypogaea
Arachis hypogaea
Amendoim, Amendoí, Amendoís, M [...]

O amendoim contém nutrientes responsáveis por diminuir a taxa de colesterol ruim (o LDL) no organismo. Ou seja: comer amendoim ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

O amendoim é rico em fitoesteróis - que tomam o lugar do colesterol ruim, ajudando na sua eliminação - e resveratrol, um corante natural que possui propriedades antioxidantes. O primo do feijão também contém arginina, um aminoácido que, quando consumido, ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo e diminuir a pressão arterial.

Além disso, o amendoim também é rico em potássio, magnésio, vitamina E e ômega-3.

Agora que você já sabe os benefícios da leguminosa, vamos aprender a consumir.

Passe longe do amendoim industrializado, com casquinha crocante e sabores diferentes. Essas versões são uma bomba de sódio (sal).

A melhor forma de consumi-lo é comprando in natura (em casas de produtos naturais) e assando no forno por 10 minutos (ou até ouvir a casquinha "estalando"), e comer com ou sem casca, mas sem sal!

A porção diária ideal é de 30 gramas. [...]

Begonia elatior
Begonia elatior
Begônia, Begonha [...]

Gênero de aproximadamente 1500 espécies, com cerca de 2000 cultivares híbridas.

Existem três grupos principais de begônias: de flor, de folha e arbustivas. [...]

Portulaca grandiflora
Portulaca grandiflora
Onze-horas, Portulaca [...]

Planta anual, a onze-horas brasileira é muito comum na vegetação de dunas em todo o país, mas se adapta bem às diversas situações climáticas do território nacional.

É tolerante a geadas e períodos de seca. Exige poucos cuidados, desde que o solo, rico em matéria orgânica, seja também bastante permeável.

São comumente vendidas as cultivares ?Flore-pleno?, com folhas mais dobradas que o comum, e a ?Caryophilloides?, em que listras de rosa percorrem a borda de pétalas brancas. Nessa última, as pétalas também são sobradas como num babado.

Em Bangladesh é conhecida como "Time Fool" (algo como "bobo do tempo"), por causa de sua floração ocorrer de acordo com o tempo, quase sempre próximo ao meio-dia.

É também conhecida como Beldroega (designação antiga, que engloba outras espécies de diferentes gêneros).

No Brasil ela recebe o nome de onze horas, porque começa a abrir suas flores próximo às 11 horas.

De acordo com o costume em certos lugares, presentear alguém com onze-horas é uma confissão de amor. [...]

Ipomoea batatas
Ipomoea batatas
Batata-doce [...]

Rica em carboidratos e nas vitaminas A, B1, B5 e C, a batata-doce é cultivada em todo o Brasil.

Diferentemente do que o nome sugere, essa hortaliça tuberosa não é da família da batata, ainda que ambas sejam nativas da América.

Segundo a enciclopédia "The Penguin Companion to Food", de Alan Davidson, a confusão remonta ao ano de 1492, quando os tripulantes da expedição de Colombo tiveram contato pela primeira vez com a batata-doce no Haiti, onde a espécie era chamada só de batata. Mais tarde, esse nome seria transferido indevidamente à batata comum por europeus desavisados.

 [...]

Tibouchina grandifolia
Tibouchina grandifolia
Orelha-de-onça, Queresmeira-an [...]

Encontrada principalmente no litoral do Sul do país, para ornamentar jardins e praças, a planta é resistente à maresia.

No paisagismo, sua utilização é bastante difundida, podendo ser cultivada isolada ou em conjuntos, levando-se sempre em consideração o porte da planta, que pode alcançar 3 metros. [...]

Clique nas "etiquetas" abaixo para pesquisar por plantas que tenham estas características já identificadas.

Abrina [1] Acheflan [1] ácido oxálico [1] Acúleos [1] Adenosina [1] Algas [2] Aliína [1] Alimentação Animal [26] Alimentação Humana [45] Alucinógenas [8]
Ameaçadas de extinção [111] Anticolesterol [1] Anti-idade [1] Antimicrobiano [1] Anti-oxidantes [12] Anuais [5] Apícola [8] Aquário [2] Aquarismo [1] Aquáticas [6] Arborização Urbana [8]
Arbustos [62] Aromáticas [11] Árvores [370] Asma [1] aucubina [1] Bactericidas [1] Beija-flores [1] Beira de praia [2] Benzeno [1] Bíblica [1] Bienal [2]
Bioindicadoras [4] Bioma Cerrado [1] Biopirateadas [3] Bonsai [8] Bromélias [89] Bromelina [1] Brotos [1] Brucina [1] Bulbos [4] Cactos [6] Calçadas [1]
Calmante [1] Capim [5] caramboxina [1] Cardiotônico [1] Carnívoras [1] Carpintaria [1] Cascas [1] CBD - canabidiol [1] Cerca-viva [3] cinarina [1] cinaropicrina [1]
Colubrina [1] Comestíveis [75] Conservas [3] Controle da erosão [1] Cosméticos [1] Crescimento lento [3] Crescimento rápido [6] Decídua [1] Decoração de Interiores [16] Dengue [1] Depressão [1]
Despoluidoras [3] Epífitas [6] Ervas [73] Esotéricas [5] Essências [1] Estricnina [1] Exóticas [17] Fibras [1] Filtragem de água [11] Fitorremediação [9] Fixadoras de areia [1]
Fixadoras de Nitrogênio [2] Flavonoides [1] Floculantes [1] Flores [71] Flores comestíveis [19] Folha verde-claro [4] Folha verde-escuro [7] Folhas permanentes [1] Forbol [1] Formaldeídos [1] Forrações [1]
Forrageiras [6] Frutas [46] Fruto alaranjado (maduro) [1] Fruto amarelo (maduro) [3] Fruto verde (imaturo) [2] Fruto vermelho (madura) [1] Fungicida [1] Grama [4] Heliófita [1] Herbácea [4] Hermafrodita [1]
Híbrida [1] Hipertensão [1] Hipoglicemiante [1] Hortaliça [1] Hortaliça arbórea [1] Imunomodulador [1] Incensos [1] Índigo [1] Inseticidas [12] Interior [3] Inulina [1]
Invasoras [16] Jard. Meia sombra [69] Jard. Sol pleno [100] Jard. Sombra [6] Khellin [1] Labiatas [2] Lactucina [1] Lenha [1] Licopeno [1] Lignina [1] LSA [1]
luteína [1] Macrófitas [3] Madeireiras [278] Medicinais [726] Melíferas [13] Musgos [1] Nastismo [1] Nativas do Brasil [38] Neriantina [1] Oleaginosas [8] Oleandrina [1]
Ornamentais [15] Orquídeas [432] Paisagístico [13] Palmeiras [6] Pareidolia [2] Passiflorina [1] Pectina [1] Pequenas [1] Perene [16] Perfumadas [1] Perfume no fim de tarde [1]
Pimentas [3] Pivotante [2] Pode congelar [2] Polinização cruzada [2] Porte baixo [1] Potássio [1] Produção de Celulose [2] Protetoras [1] Purificadoras de Ar [9] Queda de cabelos [1] Quercetina [1]
Radioativas [1] Raiz pivotante [1] Raízes - Tubérculos [11] Rara [3] Rasteira [3] Reflorestamento [4] Repelentes [4] Resistente [1] Resistente a herbicidas [1] Resistente a poluição urbana [5] Resistente à seca [1]
Resistente ao frio [3] Rizomas [2] Ruderal [2] Sagradas [13] Samambaias [9] Saxícola [1] Sem Sementes [1] Sífilis [1] Sombra [1] spilantol [1] Suculentas [20]
SUS [1] Temperos [11] Terrestre [3] THC [1] Tintórias [4] Tolerante à salinidade [11] Tolerante à seca [7] Tolerante ao frio [4] Tóxicas [45] Transgênicas [1] Trepadeiras [14]
Tuinona [1] Usada em saladas [1] Variegata [1] Venenosa [1] Vimblastina [2] Vomicina [1] warifteína [1] Xerófita [1] Xeronina [1] zeaxantina [1] Zinco [1]


Kalanchoe tubiflora
Kalanchoe tubiflora
 [...]

 [...]
Eugenia uniflora
Eugenia uniflora
Pitanga, Ibipitanga, Pitanga-c [...]

Ótima para ser saboreada após as refeições, a pitanga tem um sabor doce, com "fim de boca" levemente amargo, principalmente nos frutos não tão maduros.

A fruta é consumida naturalmente, colhida do pé, ou sob a forma de doces, geléias, sorvetes, ou utilizada em caipifrutas de pitanga, a chamada de "caipitanga".

Da pitanga se fazem ótimos remédios para diarréia de crianças, garrafadas e licores estimulantes. [...]
Crassula ovata
Crassula ovata
Planta-jade, Bálsamo-de-jardim [...]

É uma das plantas mais cultivadas entre as suculentas.

Não possui qualidades medicinais comprovadas, mas é muito confundida com uma planta medicinal, chamada Bálsamo (Sedum dendroideum).
 [...]
Dillenia indica
Dillenia indica
Maçã-de-elefante, Árvore-do-di [...]

No caso da Dillenia as extremidades da flor se fecham sobre a mesma para formação do fruto, sendo assim, qualquer objeto que ficar preso à flor, ficará dentro do fruto.

Diz a lenda que D. Pedro colocou várias moedas (patacas) nas flores, depois, quando o fruto estava formado, mandou para Portugal com o seguinte recado: "Nesta terra o dinheiro nasce até nas árvores".

As patacas foram as moedas que circularam no Brasil de 1695 a 1834.

O extrato de folha de D. indica poderia ser útil para o controle do diabetes mellitus e de outras anormalidades associadas a essa disfunção metabólica. [...]
Barleria repens
Barleria repens
Barléria [...]

Conhecida popularmente como Barléria, é uma planta nativa do continente africano, mas muito comum nas restingas das praias do Brasil. [...]
Hibiscus mutabilis
Hibiscus mutabilis
Rosa-louca, Malva-rosa, Aurora [...]

Utilizada no paisagismo, no jardim pode ser utilizada isolada ou em grupos, na formação de renques, conjuntos e até mesmo em vasos grandes.

É uma planta muito rústica e exige pouquíssima manutenção. [...]
Ligustrum lucidum
Ligustrum lucidum
Alfeneiro , Ligustro, Alfeneir [...]

Excelente para arborização de calçadas, por suportar podas drásticas e fornecer bom sombreamento.

Infelizmente, a espécie é invasora pois se alastra rapidamente através de pássaros, que se alimentam de seus frutos e dispersam sementes ao longo de rodovias, terrenos baldios, bordas de plantações florestais, terras baixas e áreas degradadas. [...]
Passiflora edulis
Passiflora edulis
Maracujá, Maracujazeiro [...]

O suco de maracujá é o 3º mais produzido no Brasil, atrás apenas do suco de laranja e de caju.

No Brasil, a fruta é produzida em todos os estados exceto pelo Rio Grande do Sul, sendo que a região Nordeste é a maior produtora (44%), especialmente os estados da Bahia (22%), Ceará e Sergipe. Destacam-se também os estados do Pará, Espírito Santo e São Paulo.

Os extratos de Passiflora são fontes potenciais de antioxidantes naturais.[4]

Existem mais de 530 espécies de maracujá, no entanto, a espécie Passiflora edulis, mais conhecida como maracujá-azedo, é a que possui maior importância econômica, pois sua polpa, de coloração amarelo - alaranjado, proporciona bom rendimento de suco, que é de boa aceitação no mercado.

É um fruto rico em minerais e vitaminas, principalmente A e C.

Possui ainda princípios ativos nas folhas que são usados como sedativo e antiespasmódico.[6] [...]
Calophyllum brasiliense
Calophyllum brasiliense
Guanandi, Jacareúba, Ganandi,  [...]

A espécie vem sendo plantada com muito sucesso no Estado de São Paulo; como árvore nativa brasileira, já está reaproximando a fauna local, como demonstra os ninhos de pássaros que já escolheram árvore para nidificar.

O retorno financeiro de sua cultura é muito alto, facilmente percebido quando se sabe que, apesar de ter custos de plantio semelhantes ao do pinus e do eucalipto para corte, seu preço ultrapassa facilmente dezenas de vezes o destas madeiras de árvores não brasileiras.

O Guanandi também concorre em velocidade de crescimento, provavelmente, com a badalada Teca Indiana. Ao contrário desta última, O Guanandi aceita o clima mais rigoroso do sul e sudeste brasileiros, bem como se adapta muito bem à declividade.

O uso sustentável de sua madeira é considerado como a melhor alternativa ao uso predatório do Mogno e do Cedro; é considerada tão bonita e trabalhável quanto estas, sendo resistente e imputrecível.

As árvores plantadas de Guanandi não sofrem ataques de pragas - como a lagarta Hypsipyla grandella Zeller que ataca ao mogno e ao Cedro.

O plantio de cada árvore de Guanandi é capaz de economizar o corte predatório de muitas árvores amazônicas: o corte de um simples Mogno na amazônia, por exemplo, pode provocar a derrubada de até 30 outras árvores - dado que os Mognos, ao contrário dos Guanandis, não ocorrem em ajuntamentos.

Esta substituição provoca um efeito fantástico sobre a diminuição do aquecimento global a longo prazo, uma vez que compradores europeus, japoneses e americanos já começam a aceitar pagar mais caro por madeira de reflorestamento.

Além disto, o sistema radicular do Guanandi levanta o lençol freático, trazendo a água subterrânea para a superfície; ou seja, ele recupera e fertiliza os solos onde é plantado, ao contrário de algumas outras espécies muito utilizadas.

A madeira de Guanandi promete ser uma das mais importantes commodities [...]
Calycophyllum spruceanum
Calycophyllum spruceanum
Pau-mulato, pau-mulato-da-várz [...]

Seu maior encanto está no caule reto, liso e brilhante, que muda de cor conforme a época.

Descasca duas vezes ao ano: a nova casca nasce verde e, aos poucos, ganha a cor de bronze ou zarcão, como gostavam de dizer os antigos, assim se tornando "mulata". [...]


Eugenia uniflora
Eugenia uniflora
Pitanga, Ibipitanga, Pitanga-c [...]

Ótima para ser saboreada após as refeições, a pitanga tem um sabor doce, com "fim de boca" levemente amargo, principalmente nos frutos não tão maduros.

A fruta é consumida naturalmente, colhida do pé, ou sob a forma de doces, geléias, sorvetes, ou utilizada em caipifrutas de pitanga, a chamada de "caipitanga".

Da pitanga se fazem ótimos remédios para diarréia de crianças, garrafadas e licores estimulantes. [...]
Gochnatia polymorpha
Gochnatia polymorpha
Cambará, Cambará-do-mato, Camb [...]

Os estudos iniciaram há três anos e, há alguns dias [dados cadastrados em 14/10/2010], chegaram a uma importante etapa, foi comprovado cientificamente o que os leigos já suspeitavam muitos anos atrás: a folha do cambará tem poder contra problemas abdominais e respiratórios. [...]
Cybistax antisyphilitica
Cybistax antisyphilitica
Ipê-verde [...]

Estudos científicos comprovaram a eficácia do extrato de ipê-verde contra a larva do mosquito Aedes aegypti, que é o principal transmissor da dengue.

Árvore medicinal, excelente para plantio em calçadas ou recuperação de áreas degradadas, praças, parques, jardins, avenidas e ruas, principalmente as estreitas. [...]
Dillenia indica
Dillenia indica
Maçã-de-elefante, Árvore-do-di [...]

No caso da Dillenia as extremidades da flor se fecham sobre a mesma para formação do fruto, sendo assim, qualquer objeto que ficar preso à flor, ficará dentro do fruto.

Diz a lenda que D. Pedro colocou várias moedas (patacas) nas flores, depois, quando o fruto estava formado, mandou para Portugal com o seguinte recado: "Nesta terra o dinheiro nasce até nas árvores".

As patacas foram as moedas que circularam no Brasil de 1695 a 1834.

O extrato de folha de D. indica poderia ser útil para o controle do diabetes mellitus e de outras anormalidades associadas a essa disfunção metabólica. [...]
Passiflora edulis
Passiflora edulis
Maracujá, Maracujazeiro [...]

O suco de maracujá é o 3º mais produzido no Brasil, atrás apenas do suco de laranja e de caju.

No Brasil, a fruta é produzida em todos os estados exceto pelo Rio Grande do Sul, sendo que a região Nordeste é a maior produtora (44%), especialmente os estados da Bahia (22%), Ceará e Sergipe. Destacam-se também os estados do Pará, Espírito Santo e São Paulo.

Os extratos de Passiflora são fontes potenciais de antioxidantes naturais.[4]

Existem mais de 530 espécies de maracujá, no entanto, a espécie Passiflora edulis, mais conhecida como maracujá-azedo, é a que possui maior importância econômica, pois sua polpa, de coloração amarelo - alaranjado, proporciona bom rendimento de suco, que é de boa aceitação no mercado.

É um fruto rico em minerais e vitaminas, principalmente A e C.

Possui ainda princípios ativos nas folhas que são usados como sedativo e antiespasmódico.[6] [...]
Calophyllum brasiliense
Calophyllum brasiliense
Guanandi, Jacareúba, Ganandi,  [...]

A espécie vem sendo plantada com muito sucesso no Estado de São Paulo; como árvore nativa brasileira, já está reaproximando a fauna local, como demonstra os ninhos de pássaros que já escolheram árvore para nidificar.

O retorno financeiro de sua cultura é muito alto, facilmente percebido quando se sabe que, apesar de ter custos de plantio semelhantes ao do pinus e do eucalipto para corte, seu preço ultrapassa facilmente dezenas de vezes o destas madeiras de árvores não brasileiras.

O Guanandi também concorre em velocidade de crescimento, provavelmente, com a badalada Teca Indiana. Ao contrário desta última, O Guanandi aceita o clima mais rigoroso do sul e sudeste brasileiros, bem como se adapta muito bem à declividade.

O uso sustentável de sua madeira é considerado como a melhor alternativa ao uso predatório do Mogno e do Cedro; é considerada tão bonita e trabalhável quanto estas, sendo resistente e imputrecível.

As árvores plantadas de Guanandi não sofrem ataques de pragas - como a lagarta Hypsipyla grandella Zeller que ataca ao mogno e ao Cedro.

O plantio de cada árvore de Guanandi é capaz de economizar o corte predatório de muitas árvores amazônicas: o corte de um simples Mogno na amazônia, por exemplo, pode provocar a derrubada de até 30 outras árvores - dado que os Mognos, ao contrário dos Guanandis, não ocorrem em ajuntamentos.

Esta substituição provoca um efeito fantástico sobre a diminuição do aquecimento global a longo prazo, uma vez que compradores europeus, japoneses e americanos já começam a aceitar pagar mais caro por madeira de reflorestamento.

Além disto, o sistema radicular do Guanandi levanta o lençol freático, trazendo a água subterrânea para a superfície; ou seja, ele recupera e fertiliza os solos onde é plantado, ao contrário de algumas outras espécies muito utilizadas.

A madeira de Guanandi promete ser uma das mais importantes commodities [...]
Pentaclethra macroloba
Pentaclethra macroloba
Pracaxi [...]

Conheça o Pracaxi, árvore nativa da Amazônia, .

O óleo extraído de suas sementes se destaca por ser o óleo mais rico em ácido behênico (10-25%) conhecido, cerca de 6 X mais do que o óleo de amendoim. [...]
Schizolobium parahyba
Schizolobium parahyba
Guapuruvu, Ficheira, Pataqueir [...]

O guapuruvu (Schizolobium parahyba) é uma árvore da família das fabáceas, notável pela sua velocidade de crescimento que pode atingir 3 metros por ano.

Foi inicialmente descrita por J. M. C. Vellozo em 1825 sob o nome de Cassia parahyba.

Guapuruvu é o simbolo da vale do Paraiba.[3]

A árvore atinge rapidamente boa altura, porém tem galhos frágeis que se quebram facilmente em ventanias. Em geral a árvore adulta morre após algumas dezenas de anos (40 a 50 anos).[2]

Quando em condições ambientais e de cultivo adequada, o guapuruvu é uma das espécies de mais rápido crescimento nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, impressionando pelo crescimento inicial e pela forma das plantas.[4] [...]
Schinus terebinthifolius
Schinus terebinthifolius
Aroeira, Aroeira-vermelha, Aro [...]

É encontrada desde o Ceará até o Rio Grande do Sul, sendo uma árvore típica das caatingas nordestinas.

Ocorre nos capões das florestas estacionais semideciduais, frequente nas capoeiras das encostas, beiras de rios e nos campos, como invasora de áreas abandonadas. [...]

  

Até o presente momento não recebi nenhuma pesquisa afirmando efeitos negativos sobre estas orientações.

Espero
que o calendário lunar
ajude no costume
de contemplar
a Lua,
marcando
através de seus ciclos,
etapas de plantio,
cultivo
e colheita.



Lua NOVA :: Semeadura / plantio - tudo o que cresce acima da terra. O final da lua nova é propício para semeadura, plantio e colheita de todas as plantas medicinais. PODAS gerais.

Lua CRESCENTE :: A seiva sobe para as folhas. Plantio de tudo o que cresce acima da terra (ex: tomate, laranja, alface, milho, soja etc). Colheita de folhas (medicinais) e, pouco antes da lua cheia, colheita de cereais.

Lua CHEIA :: Seiva nas folhas - maior luminosidade lunar. Deve-se evitar mexer muito nas plantas, limitando-se a retirar folhas secas e galhos. Perto da lua cheia, as plantas estão com seus aromas potencializados, atraindo animais.

Lua MINGUANTE :: A seiva desce para as raízes. Ideal para plantio / semeadura de tudo o que cresce abaixo da terra (ex: alho, cenoura, cebola, mandioca, batata, rabanete etc). Podas / corte de árvores e bambus. Pouco antes da lua nova, ideal para colheita de sementes. Dê preferência para intercalar adubações de 15 em 15 dias, sendo uma durante o último quarto minguante.


- www.TudoSobrePlantas.com.br -

Últimos comentários publicados nas fichas de espécies do Banco de Plantas Notáveis:

Antonio Justino Zanatta / SP (13/05/2015 11:55)
Onde encontro semente ou muda de RABO DE BIGIU e qual seria o valor?

Obrigado
[ acessar FICHA: Dalbergia ecastophyllum ]
wanderley / MG (05/05/2015 13:27)
Ola, gostaria de saber a época da floração deste girassol mexicano.
obrigado
[ acessar FICHA: Tithonia diversifolia ]
Antônio Dória Lucas de OLiveira / RS (01/05/2015 21:46)
Plantei uma muda de semente a um metro e meio da casa, e dois metros do muro, mas me disseram que as raízes podem rachar o muro e mexer com o alicerce da casa. O que me diz Anderson Porto??
[ acessar FICHA: Persea americana ]
Ivanir / SP (23/02/2015 13:43)
eu tambem procuro sementes ou mudas de alecrim do co, onde sabe onde encontro?
obrigado!
[ acessar FICHA: Baccharis dracunculifolia ]
matheus / BA (24/11/2014 13:05)
Quero comprar muda de salvia divinorum pode indicar algum fornecedor?
[ acessar FICHA: Salvia divinorum ]
Paulo Camelo de Andrade Almeida / PE (30/09/2014 13:20)
Já encontrei o oiticoró, também chamado oiti de pernambuco, identificado como Couepia rufa e Couepia pernambucensis. São duas denominações para a mesma espécie? Ou são espécies diferentes? Qual a espécie identificada como oiticoró?

[ acessar FICHA: Couepia pernambucensis ]
celia / SP (30/09/2014 11:13)
preciso de ajuda para nao fazer besteira qto ao gazebo para a sapatinha de judia: altura? distancia da treliça superior (melhor treliça mesmo?). Não que que as flores fiquem muito baixas ao ponto de as pessoas baterem nas flores.
[ acessar FICHA: Thunbergia mysorensis ]
pamela / PA (01/09/2014 16:38)
poderiam me informar se a folha dessa planta dinheiro-em-penca pode der usada para fins cosméticos? e quais suas propriedades medicinais? Obrigada.
[ acessar FICHA: Callisia repens ]
ghermann / GO (29/08/2014 19:30)
como consigo e preço da muda de banana vermelha cep 75 920 000 fone 64 9215 9000
[ acessar FICHA: Musa acuminata ]
Mauro cesar moreira rodrigues / RJ (19/07/2014 07:33)
Bom dia eu gostaria de saber de a Pilosocereus brasiliensis subsp. brasiliensis e a Cereus brasiliensis, Cephalocereus brasiliensis são a mesma planta
[ acessar FICHA: Pilosocereus brasiliensis ]
Manoel Honse Filho / MG (17/07/2014 12:33)
Olá:boa tarde

Pedido de mudas de Tillandsia thiekenii se possivel.

Agradeço desde já.
Manoel H. Filho
(32)91229656
[ acessar FICHA: Tillandsia thiekenii ]
José Walter Lima / SP (24/06/2014 15:31)
Gostaria de saber se essa espécie é popularmente conhecida como Trevo Cumaru, com propriedades expectorantes.
Grato.
[ acessar FICHA: Justicia pectoralis ]
Carla Maria / OP (23/06/2014 13:03)
Olá, ofereceram-me 3 espécies de rosas de porcelana que gostava de plantar no meu jardim, como faço? Cada pé tem cerca de 70 cm. Obrigada
[ acessar FICHA: Etlingera elatior ]
Carla Maria / OP (23/06/2014 13:03)
Olá, ofereceram-me 3 espécies de rosas de porcelana que gostava de plantar no meu jardim, como faço? Cada pé tem cerca de 70 cm. Obrigada
[ acessar FICHA: Etlingera elatior ]
Anderson Porto / RJ (07/06/2014 22:37)
Estamos aguardando fornecedores, pessoal.
[ acessar FICHA: Solanum sessiliflorum ]
Conheça o projeto



O projeto Tudo Sobre Plantas é um conjunto de ferramentas de pesquisa para ajudá-lo em sua busca por informações sobre espécies nativas e exóticas cultivadas.

Desenvolvemos pesquisas, grupos de estudos, debates, troca de fotos, notícias, plantas e sementes... Tudo isso ao longo de 13 anos de muita determinação e coragem para manter um projeto deste nível, atendendo a visitantes, pesquisadores e curiosos.

Cada um de nós, que gosta de plantas e procura aprender com elas, pode entrar em contato com outras pessoas que possuem os mesmos interesses, formando assim uma rede de conhecimentos distribuídos.

Nosso banco de dados apenas tenta reunir estas informações, passando antes pela observação, análise de informações e inserção na base de dados, com bibliografia pesquisada em livros e sites na Internet.

Tentamos prover fotos para cada espécie cadastrada e nossa meta é catalogar informações de 20 mil espécies com características notáveis.

O que pretendemos é formar novos cultivadores e aprimorar nosso conhecimento sobre plantas.

Por causa da seriedade deste trabalho, este portal é indicado pelos diversos admiradores e parceiros.

Procure se informar sobre o que está sendo feito, conhecendo o Banco de Dados, Grupos de Estudos, Blog e demais ramificações do Tudo Sobre Plantas.

Depois, experimente cadastrar-se e participar do que estamos fazendo.

Seja bem vind@ ao Tudo Sobre Plantas!

Cadastro no Projeto Tudo Sobre Plantas .com.br